quinta-feira, janeiro 19, 2012

Não nos calemos


No dia em que estiver para ser aprovada a extinção dos feriados, TODOS deviam ir àquele sítio onde era suposto o povo estar e não está e que nas grandes ocasiões decide contra ele sem nunca lhe perguntar.

Temos de ir para a rua! Mostrar o que pensamos contra os vendidos! Indignarmo-nos!



domingo, janeiro 15, 2012

Do corte de feriados

Sabendo que vou ser insultada e por quem não me conhece, no mínimo chamada de preguiçosa. Além de superficial. E ignorante. Estou muito ralada.

Acabar com feriados não é reforma estrutural.
Acabar com feriados é falta de imaginação.
Acabar com feriados é foleiro.
Acabar com feriados é como acabar com o pastel de nata.
Acabar com feriados é parolo.
Acabar com feriados é querer esquecer a História.
Acabar com feriados é saloio.
Acabar com feriados é penalizar quem trabalha.
Acabar com feriados é para dizer aos donos europeus que se fez uma reforma não fazendo.
Acabar com feriados é ridículo.
Acabar com feriados é tapar o sol com uma peneira.
Acabar com feriados é querer aproximar Portugal do país que nos compra.
Acabar com feriados é deixar de celebrar o que deve ser celebrado.
Acabar com feriados é tentar apagar a memória.
Acabar com feriados é vender património.
Acabar com feriados é querer anular as identidades nacionais.

Afinal não será isto que se pretende, sob a capa da competitividade?

sexta-feira, janeiro 13, 2012

Premissas equivocadas

Acreditar na bondade do Homem,
até prova em contrário.
Ainda assim, dar outra oportunidade.
Concluir que a primeira premissa estava errada.
Mudar a premissa.
Acreditar na maldade do Homem,
até prova em contrário.
Voltar a dar outra oportunidade.
Mudar a premissa...

sábado, janeiro 07, 2012

Não quero perder



Um sorriso teu, sonhado.
As gargalhadas da filha no espaço, no tempo e na alma.
As memórias. Os cheiros. Os sons.
Aquela luz do fim do dia que escreve tão bem na paisagem alentejana.
A capacidade de chorar. A de me revoltar. A de sempre me encantar.
Neste casino ganho eu.